junho 30, 2004

Saiba mais sobre a beterraba

É frequente pensar-se que a beterraba vermelha tem muitas calorias, por se confundir com uma outra variedade, a beterraba açucareira (branca), a partir da qual se extrai o açúcar. No entanto são variedades com características diferentes.

Apesar de a beterraba vermelha ter um conteúdo de hidratos de carbono da ordem dos 5%, o que lhe confere um sabor adocicado, ela é pobre em calorias. É constituída pela raiz e pelas folhas, que também podem ser comidas cozidas (embora normalmente se coma apenas a raiz).

A beterraba pode ser comida crua (em sumo, ralada em saladas), cozida, em pickles ou em conserva e nutricionalmente, a beterraba cozida é tão rica como a crua.

Como é um legume de preparação demorada (aproximadamente 1 hora de cozedura), é muitas vezes vendida já cozida. Se as comprar cruas para cozer, prefira as mais pequenas, que para além de serem mais tenras cozem mais rapidamente. Devem ser cozidas com a casca e descascadas posteriormente. Dessa forma evita que os utensílios fiquem manchados.

A cor vermelha intensa da beterraba deve-se a um pigmento chamado betacianina. Este pigmento é muito utilizado como corante pela indústria alimentar, em diversos produtos como a sopa de rabo de boi, o alcaçuz, gelados, etc. O nome do corante é vermelho de beterraba.

Do ponto de vista nutricional e, para além da pobreza em calorias, as beterrabas cruas e cozidas são uma excelente fonte de ácido fólico (em pickles, o teor de vitaminas e minerais diminui bastante).

A ingestão de ácido fólico é muito importante, em especial para as mulheres grávidas e para aquelas que pensam engravidar. Esta vitamina diminui significativamente o risco de o feto desenvolver uma mal formação da medula- a espinha bífida.

Para além disso, o ácido fólico é importante para evitar um tipo de anemia.

A beterraba contém algum ferro, vitamina C e a riqueza em potássio tornam este alimento útil na normalização da tensão arterial. Contêm fibras solúveis que ajudam a baixar os níveis de colesterol total e LDL (mau colesterol), implicados no risco acrescido de doenças cardiovasculares.

Os carotenóides e flavonóides existentes na beterraba também ajudam a evitar que o colesterol LDL e as paredes das artérias sejam danificados e oxidados pelos radicais livres. Essa propriedade antioxidante dos carotenóides e dos flavonóides protege igualmente contra a ocorrência de ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais.

Os naturopatas acreditam que as beterrabas estimulam o sistema linfático e fortalecem o sistema imunitário. As qualidades purificadoras da beterraba, bem como a estimulação do fígado, dos rins, da vesícula, do baço e dos intestinos, são algumas das propriedades reconhecidas pelos naturopatas.

O sumo de beterraba fresca é um excelente tonificante e purificador do sangue, e têm-lhe sido atribuído valor como estimulante do fígado e auxiliar da digestão. Se o sabor deste sumo não lhe agradar muito, misture com sumo de laranja e/ou cenoura.

Valor nutricional de 100g de beterraba crua (*):
48,9 calorias
9 g de glúcidos (hidratos de carbono)
3 g de proteínas
0,1 g de lípidos (gorduras)
32 mg de cálcio
40 mg de fósforo
2,5 mg de ferro
351 mg de potássio
150 µg de ácido fólico
5 mg de vitamina C
2 g de fibras

(*) Os valores nutricionais da beterraba cozida ou em conserva não diferem muito dos da beterraba crua.

Se após uma refeição onde comeu beterraba, a sua urina ou as fezes tiverem uma coloração rosa- avermelhada, não se assuste. É que o pigmento da beterraba não é metabolizado pelo corpo, atravessando todo o aparelho digestivo sem sofrer alterações.

beterraba.jpg


Posted by tania_van at junho 30, 2004 12:15 AM
Comments
http://www.pelosanimais.com/recursos/free_me_go.php Posted by: eduardo at junho 30, 2004 02:04 AM
RE Eduardo: Obrigada pelo link!! Volta sempre! *** Posted by: Tânia at junho 30, 2004 04:20 PM
A receita hoje tem a ver mais com laranjas... lol Mas a beterraba faz muito bem à saude, sem duvida! Posted by: Amélie at junho 30, 2004 06:59 PM
RE Amélie: Tens toda a razão!! Mas por acaso olha não me lembrei de pôr a receita adequada! :p Beijinhos e volta sempre!! Posted by: Tânia at junho 30, 2004 07:09 PM
olá! Não imaginas a aventura que tem sido para mim fazer alguma coisa da beterraba! Não gosto do sabor, seja crua ou cozida! Se calhar não etnho experimentado as receitas adequadas... :( Jokinhas Posted by: blimunda at julho 1, 2004 09:51 AM
RE Blimunda: Bem... também não aprecio muito beterraba! :p Mas pode ser que a gente um dia venha a gostar! Beijinhos! Posted by: Tânia at julho 1, 2004 09:15 PM
Olá!Bem nao e propiamente pa fazer um comentario a este artigo mas sim para te felicitar do blog em si.Acho k o blog ta mt bom nao so para os k sao vegetarianos como os k nao sao.Parabens...=) gostei imenso..e vou dar em ve-lo sp k poder.Fika bem e continua!!!*Miriam* Posted by: Miriam at julho 2, 2004 02:49 PM
Eu já experimentei, mas detestei o sabor...a mim sabe-me a terra!Bjinhos e bom fim de semana* Posted by: Ahimsa at julho 2, 2004 03:26 PM
RE Miriam: Olá!! Obrigada pela visita e pelo comentário! Fico feliz por teres gostado deste meu cantinho! :) Beijinhos e volta sempre! Posted by: Tânia at julho 2, 2004 09:10 PM
RE Ahimsa: Olá linda!!! Eu também não gosto do sabor... :/ Bom fim de semana para ti também!! (acabas-te com o teu blog?... :((( ) Posted by: Tânia at julho 2, 2004 09:11 PM
Não!! Foi só uma pausa. Já voltei, e com novidades. Podes ir lá ver! Bjinhos! Posted by: Ahimsa at julho 5, 2004 07:08 PM
RE Ahimsa: Ah! Fixe! Tenho que ir lá sim! Não tenho actualizado o blog, não tenho andado com cabeça... :/ *** Posted by: Tânia at julho 5, 2004 09:42 PM
Comentário









Lembrar-se de mim?